Menu fechado

3 passos para ter uma carreira de sucesso #PASSO1

Olá leitores!

 

Em nosso Centro Formação (Infinity), a um ano atrás, oferecemos de forma gratuita dois cursos, o curso Preparação Para o Trabalho e o curso Finanças Pessoais. Hoje vou escrever aqui um pouco sobre o que tratamos no curso Preparação Para o Trabalho.

Primeiro vou tentar escrever para você, que tem ou vai fazer 16 anos de idade.

Sei dos conflitos que temos nessa idade. Acredite! Eu também já passei por isso. Atingir a idade mínima para poder ingressar no mercado de trabalho, é praticamente uma forma de fazer com que as pessoas a sua volta digam: “Poxa, mas você ainda não arrumou um emprego?”, “Quando é que você vai dar um jeito na sua vida?”… entre tantas outras perguntas características desse período. É um pressão muito grande, e que você precisa aprender a gerenciar. Afinal, a sua adolescência está acabando, e o que vem depois? A fase adulta! E, é melhor que se prepare para ela, acredite.

Então, vamos a prática.

Costumo dizer que se você, aos 16 anos, ainda não pensou sobre sua carreira profissional, então você está um passo atrás. Não estou sugerindo que aqui, você já tenha a consciência de que vai ser um “Técnico de Petróleo e Gás (sic, ainda mais com esse crise na Petrobras)” ou que vá seguir qualquer outra carreira até o fim de sua vida. Não! O que eu quero dizer é que você precisa pensar em uma forma de conquistar sua coisas por seus próprios meios, ou como diriam antigamente, com o suor do próprio rosto.

Para quem ainda não pensou sobre o assunto, ou mesmo para quem já pensou mas gostaria de “amadurecer a ideia”, costumo dar 3 PASSOS PARA TER UMA CARREIRA DE SUCESSO. E cada um desses passos nos daria linhas e mais linhas de um artigo como este, ou horas de conversas, treinamentos, vídeo-aulas, etc..

Considerando que você vai seguir o caminho “padrão” feito pela maioria das pessoas ao redor do mundo, então eu tenho 3 passos básicos que você deve seguir.

Os 3 passos são:

  1. Conseguir um bom emprego;
  2. Mantê-lo; e,
  3. Crescer no emprego.

E então, você pode me dizer: Poxa Clérice, isso me parece óbvio!

E eu fico inclinado e lhe perguntar: Então, por que tantas pessoas estão insatisfeitas em seu emprego atual? Por que, mesmo sabendo de oportunidades de emprego desafiadoras, algumas pessoas continuam sem sair da sua “zona de conforto”?

Aí que entra uma característica fundamental, que digamos seria o PASSO ZERO, dessas etapas para se conquistar uma carreira de sucesso, que é: ATITUDE.

Então, aqui vai a dica ZERO. Antes de tudo tenha ATITUDE.

Você é tímido, nas apresentações de trabalhos em grupo na escola, você era sempre o que segurava o cartaz, ou o que controlava o PowerPoint, falar em público nunca foi o seu forte. Se você tinha, ou tem todas essas características, você terá que perdê-las uma hora ou outra. Pense nisso. Seja um vendedor, um vendedor de si mesmo. Você vai precisar disso por toda a sua carreira, vender-se (no BOM sentido, ok), vender suas ideias, …

Dando o primeiro passo: Conquistar um bom emprego.

Para começar, você deve definir uma meta, um alvo. Esse alvo, pode ser um ramo de trabalho, uma profissão, uma área de atuação, enfim, por exemplo: Design Gráfico.

Definido a área em que você deseja trabalhar, você deve selecionar através de pesquisa na internet, em jornais, em conversas com amigos, etc.. empresas que empregam pessoas dessa área. Dentro dessa seleção, você ainda vai ordená-las, de forma a ter a primeira da lista a que você mais gostaria de trabalhar e as seguintes seguindo o mesmo critério: se não houvesse a primeira, qual você gostaria de trabalhar? E, depois, se não houvesse a segunda empresa na lista. Dentre as outras, qual você gostaria de trabalhar?

A partir daí, você terá que se informar MUITO, sobre essa área de atuação, sobre as empresas, para saber qual a qualificação mínima para se conquistar um emprego como este. E se você ainda não atingiu os requisitos mínimos, então, essa é a hora de sair da zona de conforto. E quando eu digo sair da sua zona de conforto, eu quero dizer que além de “se mexer”, seja necessário mexer em seus planos iniciais. Explico melhor…

Se você não atingiu os “requisitos mínimos”, principalmente em se tratando de formação (escolaridade, cursos, etc..), quer dizer que você precisará de tempo para atingi-los, certo? E se esse tempo for muito longo, você não vai poder ficar esse tempo todo sem desempenhar uma atividade remunerada. Afinal, você já está com 16 ou perto de completar 16 anos e precisa “dar um rumo na sua vida”.

Nesse momento, o meu conselho é que consiga um emprego que lhe permita ter um salário, para poder investir em você. E daí então, partir para a sua área de interesse. Lembre-se, com a qualificação certa, você alcançará as melhores colocações profissionais.

No próximo artigo eu falarei um pouco sobre o PASSO #2: Mantê-lo (o emprego);

 

Um Abraço

Clérice Moura